Guedes estuda usar excesso de arrecadação para corrigir tabela do IR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira (7) que o governo federal estuda utilizar o excesso de arrecadação do Imposto de Renda (IR) para subsidiar a correção da tabela do tributo. A correção da tabela é uma medida que alteraria os níveis de isenção do imposto e diminuiria a base de contribuintes.

“Conversamos se corrigimos a tabela do IR agora ou deixamos para primeira ação de novo governo. Não queremos usar toda a alta de arrecadação de uma vez. Vamos devolver apenas parte para não corrermos riscos fiscais”, declarou Guedes durante uma conferência promovida pelo Bradesco, segundo a Agência Brasil.

No mesmo encontro, o ministro disse que o governo estuda fazer novas reduções na alíquota do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI), o que poderia contemplar 12 itens. “Vamos abrir a economia respeitando nosso parque industrial. Se o outro governo for social democrata, ele que aumente os impostos. Para o próximo mandato, a prioridade é a reforma tributária no primeiro dia de trabalho”, declarou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.