Bolsonaro diz que tenta aprovar reforma tributária, mas “não é fácil” O presidente também voltou a comentar a decisão do governo federal de sediar a Copa América e criticou a TV Globo

Em conversa com apoiadores nesta quinta-feira (3/6), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que o governo federal está tentando aprovar a reforma tributária, mas pontuou que a votação da matéria não é fácil. “A gente está tentando a reforma tributária, que não é fácil. O Congresso até está… Com novas direções, está indo bem”, disse.

A Câmara dos Deputados debate projetos de iniciativa do governo Executivo que alteram a base de Imposto de Renda, Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

Outros textos com alterações na legislação são discutidos no Senado. Na semana passada, o presidente do Senado,Rodrigo Pacheco (DEM-MG), se reuniu com o presidente da Câmaras, Arthur Lira (PP-PI), e com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para definir as tramitações da reforma no Congresso Nacional.

Na segunda-feira (31/5), Pacheco questionou o interesse do governo federal na aprovação de outra reforma, a administrativa. Pacheco teria recebido um contato de Guedes informando que o presidente da República não teria interesse em mexer com direitos de servidores públicos neste momento pré-eleitoral.

Copa América

Bolsonaro também voltou a comentar a decisão do governo federal de sediar a Copa América no Brasil. O torneio está previsto para ter início em 13 de junho. Quatro estados devem receber partidas: Brasília, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Goiás.

O mandatário voltou a criticar a TV Globo, que não terá o direito de transmissão dos jogos: “Perdeu mais uma, Globo, perdeu mais uma”.

Bolsonaro falou com simpatizantes após fazer uma breve viagem a Formosa (GO), cidade localizada a 80km de Brasília (DF). Na cidade vizinha à capital federal, ele participou de uma missa em alusão a Corpus Christi e passeou de moto.

Fonte: Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *