A Reforma Tributária entra em campo

Arthur Lira se mexeu nos bastidores e conseguiu um modo de a Reforma Tributária finalmente sair do papel. Costurou com Jair Bolsonaro, Rodrigo Pacheco, com a equipe econômica e com os líderes dos partidos para que ela seja fatiada.

Ou, como diz um interlocutor de Lira: “Vamos comer o boi por partes”.

A reforma tramitará aos pedaços, começando pelos temas em que há maior consenso e avançando pelos mais polêmicos — dos mais fáceis para os mais complicados.

Já está decidido que inicialmente será debatida e votada a criação da CBS, a Contribuição sobre Bens e Serviços, que substituirá o PIS e a Cofins. Já nos próximos dias, Lira indicará um relator para a matéria.

Outra decisão tomada em conjunto pelos presidentes da Câmara e do Senado é dividir a reforma pelas duas casas legislativas para apressar a tramitação. Ou seja, algumas partes da reforma começarão a ser discutidas no Senado e depois seguem para a Câmara; e vice-versa.

Fonte: O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *