A IDC prevê que os investimentos em áreas que geralmente controlam a telefonia das empresas devem aumentar 10% até o fim deste ano

Com a Gestão de Telecom, empresas têm redução de custos, gestão de inventário e contrato, além das negociações com operadoras feitas de forma eficiente.

A IDC prevê que os investimentos em áreas que geralmente controlam a telefonia das empresas devem aumentar 10% até o fim deste ano. Desta forma, empresas têm se preocupado cada vez mais com gastos em telefonia fixa, móvel, link de dados e investido na Gestão de Telecom para terem total visibilidade e controle de suas contas, evitando desperdícios financeiros.

Além da expressiva redução de custos, a Gestão em Telecomunicações é importante para ajudar as empresas a entenderem o quanto é gasto com serviços de telefonia fixa, móvel e link de dados. Ao ter esse controle preventivo, elas evitam gastos desnecessários, juros, multas e a contratação de serviços que não foram utilizados. A Gestão de Telecomunicações também atua de forma estratégica, já que ao reduzir custos, podem sobrar recursos para investir em outras áreas da empresa.

Gastos elevados com telecomunicações são uma das dificuldades que as empresas enfrentam. Sem o controle e visibilidade dos valores de contas de telefonia fixa, móvel e link de dados, pode-se ter prejuízos financeiros. Ao adotar a Gestão de Telecom e investir em uma consultoria em telecomunicações, as empresas têm visão completa e informações precisas das despesas de seus equipamentos de telefonia. Assim, elas conseguem identificar as datas de pagamento, evitar multas e juros por atrasos e ter redução de custos.

Perde-se bastante tempo entrando em contato com as operadoras

O processo de negociação com as operadoras poder ser longo. Ao perder muito tempo entrando em contato com elas, as empresas têm a produtividade afetada. Com a Gestão de Telecom, é possível ter essa negociação de contratos e benchmarking de tarifas das operadoras feita de forma eficiente e trazendo os melhores valores de acordo com o perfil da empresa.

Falta de controle no inventário

Sem uma gestão de inventário, as empresas não conseguem gerenciar seus ativos e isso pode aumentar consideravelmente os gastos de uma organização. Ao adotar a Gestão de Telecom, ativos como equipamentos, aparelhos, ramais, linhas diretas e móveis, centrais telefônicas, troncos, SIM Cards, entre outros, são cadastrados. Assim, é possível acessar de forma prática o histórico das operações, controle do estoque/RollOut e rastreabilidade do inventário. Desta forma, as empresas têm visão completa da planta de telecom.

Não há gestão de contratos

Sem visibilidade e falta de revisão dos contratos de telecomunicação, tarifas e demais serviços, empresas podem perder dinheiro e oportunidades de ajustarem seus planos de telefonia. Com uma Gestão de Telecom, é possível ter a antecipação e renegociação dos contratos às vésperas do vencimento, além de ter todos os contratos cadastrados. Desta forma, não há preocupações com renovações e serviços que não foram contratados.

Ainda são usados métodos manuais ultrapassados

Apesar do avanço da tecnologia, algumas empresas ainda utilizam métodos manuais obsoletos, como o preenchimento de dados em planilhas de Excel. Investir em uma plataforma é a melhor alternativa para ter o controle de todas as informações referentes à Gestão de Telecom e ter eficiência na gestão de custos em telefonia. 

A diferença de contar com uma especialista

Para evitar as dificuldades citadas acima, é importante que as empresas contem com uma especialista neste assunto, como a NSB. Com a Gestão de Telecom, as empresas têm vantagens como redução de custos, otimização dos serviços de telecomunicação, inteligência de negociação com operadoras, inventário identificado, foco no core business e muitos outros benefícios. Além disso, a NSB desenvolveu o CM360 TEM, uma plataforma que registra, controla e gerencia resultados e indicadores para que as empresas tenham visibilidade dos custos de telecom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *