Recuperação de dinheiro sonegado em impostos é recorde no Amazonas

Até então sonegados, R$ 9,1 milhões foram recuperados em impostos estaduais no Amazonas em 2020, informa a Delegacia Especializada em Crimes contra a Fazenda Pública Estadual. O valor é recorde e representa o maior volume nos últimos três anos.

O crescimento foi de 237% na comparação com 2019, ano em que R$ 2,777 milhões haviam sido resgatados.

O combate à sonegação envolve a Polícia Civil, Ministério Público e Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) que integram o Cira (Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos). O comércio e empresas de serviços responderam pela maioria dos casos registrados.

Em 2020 foram instaurados 69 novos inquéritos policiais para investigar situações suspeitas. Outros 153 casos apurados anteriormente foram concluídos.

O delegado José Ribamar Campello disse que 70% dos investigados que deixaram de recolher impostos estaduais firmam acordo, e o caso não é judicializado. O montante recolhido se refere àqueles empresários que reconheceram a dívida nessa fase.

“Em aproximadamente 30% dos casos a questão é judicializada. O nosso trabalho é instaurar o procedimento cabível e mandar para a Justiça, para que a cobrança seja feita”, disse Campello.

Fonte: Amazonas Atual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *