Na última semana, a Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital – Fenafisco se fez presente em dois importantes

Na última semana, a Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital – Fenafisco se fez presente em dois importantes eventos promovidos pelo Sindicato dos Servidores da Fazenda do Estado da Bahia (Sindsefaz), ocasião em que foi honrada com a palavra para esclarecer temas como a Contribuição Sindical e a Reforma da Previdência.

 

A convite do Sindsefaz-BA, a advogada da Fenafisco, Caroline Sena proferiu palestra  durante a assembleia geral da entidade, realizada na quinta-feira (16), no Bahia Othon Palace, em Salvador.

 

Em sua exposição, Caroline falou sobre as formas de custeio da organização sindical, com foco especial na contribuição sindical, abordando o posicionamento dos tribunais superiores sobre o assunto e esclarecendo dúvidas sobre o trânsito em julgado de ação movida pela Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB, no estado da Bahia, cujo pedido se limitou a requerer o desconto dos 5% previstos no artigo 589, inciso II da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT.

 

Na oportunidade, Caroline parabenizou o Sindsefaz pela unidade de luta, consubstanciada em uma assembleia com ampla participação de sua base, ao mesmo tempo em que parabenizou a Fenafisco “por ter atendido de pronto ao pleito de seu filiado, na medida em que não poupou esforços para enviar o Jurídico, a fim de dirimir as dúvidas e orientar a categoria”.

 

Seminário NÃO É REFORMA, É O FIM DA PREVIDÊNCIA

 

 

 

 

 

Na sequência , o presidente da Fenafisco, Charles Alcântara, abriu, na manhã de sexta (17), em Salvador, o seminário NÃO É REFORMA, É O FIM DA PREVIDÊNCIA, evento organizado pelo Sindsefaz e por mais quatro sindicatos (APLB-Sindicato, Sindsaúde, Assufba e Sindmed) e que reuniu 500 pessoas nas dependências do Bahia Othon Palace, oportunidade em que instou os baianos a ampliarem o grau de mobilização para ajudar a barrar a reforma.

 

O presidente da Fenafisco também aproveitou sua fala para lançar cartilha editada pela Federação e que trata da reforma da Previdência. Segundo ele, a publicação será distribuída em todos os estados.

 

 

 

O diretor de Aposentados da Fenafisco, Celso Malhani, foi um dos debatedores do seminário. Ele conclamou os presentes a arregaçarem as mangas e ganhar as ruas para barrar a proposta. Segundo ele, é preciso convencer amplos setores da sociedade a se unirem aos movimentos que já estão organizados nessa luta, para conseguirmos barrar a PEC 287.

 

A Fenafisco segue mobilizada, lutando em defesa da manutenção da Previdência pública. 

Saiba mais em: http://pec287diganao.org.br

 

(Com informações da Ascom Sindsefaz)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

  • Últimas Notícias
Comissão votou na terça relatório de MP que reestrutura carreiras

Em reunião na terça-feira (25), a comissão mista da Medida

FTEs participam de ato nacional que reuniu cerca

Após intensa mobilização da Diretoria Executiva, diversos

Odebrecht movimentou US$ 211 milhões na Suíça

A Odebrecht movimentou pelo menos US$ 211,6 milhões em contas

Comentários